Professora é agredida por aluna após pedir para guardar o celular

Professora-é-agredida-por-aluna-após-pedir-para-guardar-o-celular

Facapi

Nessa última quarta-feira (6/10), uma professora de 49 anos disse ter sido agredida por uma de suas alunas de 16 anos no município de Siderópolis, em Santa Catarina. O fato ocorreu após ela pedir que a adolescente guarda-se o celular.

A mulher que trabalha em uma escola da rede municipal, diz que a estudante agrediu ela verbalmente e fisicamente no local. Ainda segundo a professora, a aula machucou o seu pescoço. Segundo as regras da instituição é estritamente proibido o uso de celular dentro da sala de aula.

Professora-é-agredida-por-aluna-após-pedir-para-guardar-o-celular
Professora é agredida por aluna após pedir para guardar o celular. (Imagem: Reprodução)

Veja também: Corpo de homem é encontrado às margens de rodovia que liga Campo Maior a Juazeiro do Piauí

A adolescente vai ser ouvida pela polícia. Segundo a Polícia Civil, o caso vai seguir em segredo de justiça, conforme está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente. A prefeitura do município repudiou o caso e informou que a aluna foi afastada da instituição de ensino.