Jovem de 17 anos acusado de vários crimes é morto a tiros no interior do Piauí

Jovem de 17 anos acusado de vários crimes é morto a tiros no interior do Piauí

Facapi

Um adolescente identificado como Luís Henrique de Oliveira dos Santos, 17 anos, foi assassinado com três disparos de arma de fogo, por volta das 10h da manhã deste domingo (17), na localidade Baixão das Pedras, zona rural de São Pedro do Piauí. A polícia acredita que o crime esteja relacionado a disputa de grupos rivais. Apesar de tão jovem, Luís Henrique tem diversas passagens pela polícia por crimes de roubou de moto e de celular, furto a residências e tráfico de drogas. O irmão dele também foi assassinado a tiros em um crime relacionado ao uso e disputa por pontos de venda de drogas.

De acordo com informações repassadas por policiais do Grupamento de Polícia Militar (GPM) de São Pedro do Piauí, no momento do crime o adolescente retornava da cidade de Água Branca para a localidade Baixão das Pedras, onde residia com a mãe. “Luís Henrique estava retornando de Água Branca com um colega para o Baixão das Pedras. Já próximo de casa, dois homens o abordaram, pediram que descesse da moto e efetuaram os disparos contra ele, que foi a óbito no local”, disse um policial do GPM de São Pedro.

Jovem de 17 anos acusado de vários crimes é morto a tiros no interior do Piauí
Jovem de 17 anos acusado de vários crimes é morto a tiros no interior do Piauí. (Imagem: Reprodução)

Após o crime, os autores dos disparos fugiram para local desconhecido. A Polícia Técnico-Científica foi acionada para fazer a perícia. O Instituto de Medicina Legal (IML) também foi acionado.

Policiais do GPM de São Pedro, da Força Tática e Polícia Civil de Água Branca estão em diligência, mas até o momento ninguém foi preso.

Veja também: Motociclista morre após grave colisão entre moto e carro na BR-343, em Altos

A polícia informou que a pouco dias foram recuperados uma motocicleta e celulares que estava em poder do adolescente.

O irmão também foi assassinado

O irmão do adolescente, identificado como Wellington Cléssio, também foi assassinado. Ele foi morto com dois disparos de armado de fogo na cabeça.

O crime aconteceu na madrugada do dia 18 de novembro de 2018, durante um baile de reggae, na localidade Pedras, zona rural de São Pedro, em um crime relacionado ao uso e disputa por pontos de venda de drogas.