Integrante de facção campomaiorense é morto em Penitenciária de Teresina

Facapi

Um detento da Penitenciária José de Ribamar Leite, identificado como Melky Swell da Rocha Silva, foi morto no último sábado (30), durante uma briga generalizada envolvendo facções criminosas no pavilhão E.

O Sindicato dos Policiais Civis Penitenciários e Servidores da Sejus (Sinpoljuspi) informou que Melky, que pertence a uma facção de Campo Maior, foi morto por integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC). O crime ocorreu durante o banho de sol dos detentos.

Após matarem o homem, os integrantes do PCC ainda perfuraram seu corpo diversas vezes e utilizaram seu sangue para escrever a sigla da organização criminosa em uma das paredes do local.

O grupo de criminosos tinha como objetivo ceifar a vida de mais detentos, entretanto, policiais penais da Penitenciária conseguiram agir rápido e cessar a toda a ação.