Homem é condenado a mais de 11 anos de prisão por divulgar fotos íntimas da ex no Piauí

Facapi

Um comerciante identificado pelas iniciais M. F. A foi condenado a mais de 11 anos de prisão e multa de R$ 6.600 após divulgar fotos íntimas da ex-companheira e cometer crime de stalking contra ela no município de Pau D’arco do Piauí.

Investigações do caso apontam que o condenado, por não aceitar o término do relacionamento com a vítima, teria enviado fotos íntimas dela para diversos moradores da cidade. Além disso, o homem ligava para o celular da vítima reiteradas vezes durante o dia.

VEJA TAMBÉM | Governo do Maranhão torna facultativo o uso de máscaras em locais abertos

A Polícia Civil de Altos, responsável pela averiguação do caso, informou que ele já teria, inclusive, enviado fotos de uma arma de fogo para a mulher, ameaçando-a.

A condenação de M. F. A foi expedida pelo juiz de direito Ulysses Gonçalves da Silva Neto, da Comarca de Altos, localizada a 40 km de Teresina.