Para celebrar 50 anos em Campo Maior, Maçonaria apresenta projeto de construção de 3 colunas gregas às margens do Açude Grande

Facapi

Em celebração ao aniversário de 50 anos de atividades da Loja Maçônica Araújo Chaves em Campo Maior, representantes da instituição apresentaram ao prefeito Joãozinho Félix um projeto que visa a construção de 3 colunas gregas às margens do Açude Grande. O monumento servirá como mais um atrativo turístico para o município.

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa.

As pilastras possuem denominações particulares, cada uma com a sua simbologia. A coluna jônica representa a sabedoria; a coluna dórica, a força e a coluna coríntia a beleza. De acordo com Ernani Napoleão, responsável pela apresentação do projeto, o objetivo é celebrar a fraternidade universal.

“Em celebração aos 50 anos da Loja Maçônica de Campo Maior apresentamos ao prefeito Joãozinho Félix este projeto, que além de possuir forte significado e simbologia para a Maçonaria, servirá também como um atrativo turístico, embelezando ainda mais a paisagem”, destacou.

No dia 20 de agosto de 2022, a Loja Maçônica Araújo Chaves celebra 50 anos de atividades, obras e serviços prestados a Campo Maior. A Maçonaria funciona com base em dois conceitos fundamentais: fraternidade e respeito à liberdade, que são primordiais para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

O prefeito Joãozinho Félix destacou que a Maçonaria tem contribuído com o desenvolvimento e o progresso de Campo Maior: “Temos consciência do papel social e da importante parcela de responsabilidade que a Maçonaria tem para com nosso município, seja através dos relevantes serviços prestados e mesmo da atenção a princípios como a manutenção da família e ao bem-estar da sociedade”, reforçou.