Joãozinho Félix paga ‘Previne Brasil’ e injeta quase meio milhão de reais na economia de Campo Maior

Facapi

Após consultar o Tribunal de Contas do Estado (TCE) e receber autorização para efetuar os pagamentos aos profissionais que compõem a Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, a Prefeitura de Campo Maior informou que as parcelas referentes ao Programa Previne Brasil já foram creditadas nas contas de servidores da saúde do município.

Os pagamentos foram realizados ainda nesta quinta-feira, dia 11 de novembro, tendo sido injetados um total de R$ 429.565,20 alusivos a 7 meses para 267 servidores contratados e efetivos como médicos, enfermeiros, dentistas, técnicos em Enfermagem e em Saúde Bucal, agentes comunitários de saúde, além das equipes do NASF (Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica) como psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudióloga, assistente social, educador físico e nutricionista.

“O incentivo financeiro do Programa Previne Brasil aos profissionais de saúde, no exercício financeiro de 2021, já está em conta. Nós estávamos aguardando um parecer técnico do Tribunal de Contas para poder efetuar os pagamentos. Recebemos a notificação autorizando os repasses nesta quinta-feira.”, destacou o prefeito Joãozinho Félix.

Ainda segundo o prefeito, o pagamento é um direito dos servidores e contribui com a oferta de saúde e qualidade de vida da população: “É uma conquista dos profissionais da Atenção Básica do município. Um reconhecimento pelos serviços prestados, em que eles recebem por desempenho, ou seja, aumentando o acesso à saúde, qualificando atendimentos e humanizando o vínculo com os usuários do sistema de saúde, permitindo conhecer as pessoas e suas necessidades, acompanhá-las e assegurar cuidado adequado.”, disse.