"Tem que ter fuzil, pô" - afirma Bolsonaro sobre propriedade privada

“Tem que ter fuzil, pô” – afirma Bolsonaro sobre propriedade privada

340 0

Nessa quarta-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro defendeu que fazendeiros e latifundiários podem usar armas de grande calibre em casa, como rifles. Bolsonaro acredita que esta arma evitará tentativas de invasão do território.

 No campo tem que ter fuzil. Eu já morei em fazenda, lá em Eldorado Paulista, e cultivei 30 hectares de arroz no Mato Grosso do Sul. Tem que ter um fuzil, pô! Você acha que o cara que entra em sua fazenda sem estar autorizado para dar uma foiçada no pé de um boi, outra no cupim, depois vai embora e larga o boi lá? Esse cara merece o quê? Isso acontece e deixou de acontecer bastante – disse o presidente.

"Tem que ter fuzil, pô" - afirma Bolsonaro sobre propriedade privada
“Tem que ter fuzil, pô” – afirma Bolsonaro sobre propriedade privada. (Imagem: Internet)

Bolsonaro disse ainda que “a propriedade privada é a base da democracia”.

Propriedade privada é sagrada, é a base da democracia. Se alguém acha que pode invadir e fazer o que bem entender, então, ele acha que pode invadir a sua casa também. Agora, no Brasil, tudo é politicamente correto – ironizou.

Veja também: “Vamos mandar o comunismo embora do Brasil” diz Bolsonaro

O presidente também criticou a política de proteção às terras indígenas. Segundo ele, essas restrições dão a entender que os índios são “pessoas que precisam se isolar”.

Era uma política que não era racional. O índio é um ser humano. Ele está cada vez mais se integrando à sociedade. Olha só os índios Parintins de Mato Grosso – disse Bolsonaro, citando o projeto de lei que prevê que índios possam arrendar as próprias terras.

Fonte: Pleno.news



WhatsApp


Related Post

close