“Já me senti um presidiário sem tornozeleira”, diz Bolsonaro

Bolsonaro




Nesta sexta-feira, o presidente Jair Bolsonaro (PL) fez um discurso em evento em Cuiabá, no Mato Grosso. Na ocasião o gestor falou sobre os desafios de ser presidente.

Ele disse que vive momentos de solidão no Palácio da Alvorada e que, muitas vezes, se sente “como um presidiário sem tornozeleira eletrônica“. Apesar de tudo, Bolsonaro disse saber que está cumprindo um importante papel para nosso país.

"Já me senti um presidiário sem tornozeleira", diz Bolsonaro
“Já me senti um presidiário sem tornozeleira”, diz Bolsonaro. (Imagem: Isac Nóbrega/PR)

Porque não é fácil. Por melhor que seja a residência onde eu estou, o Palácio da Alvorada, com tudo que possa imaginar, o silêncio, solidão é ensurdecedora. Muitas vezes, me sinto ali como um presidiário sem tornozeleira eletrônica, mas sei que estou colaborando com o meu país, tendo boas pessoas ao meu lado, não apenas políticos de apoio ao meu governo, bem como pastores, padres, cristãos, empresários, gente do povo, para vencermos qualquer obstáculo — destacou.

Veja também: “Não o tornarão presidente da República”, diz Bolsonaro sobre Lula

O presidente também falou sobre as eleições de 2022.

Todos aqui que têm mais de 30 anos de idade sabem muito bem o que era o Brasil de poucas décadas e o que é o Brasil de poucos anos (…) Nós sofremos ou nos alegramos das escolhas que cada um faz. E essas escolhas que cada um faz. E essas escolhas podem nos marca, não por pouco tempo, podem marcar décadas. E todo mundo deve pensar nessa grande escolha que faz periodicamente — apontou.


 

Portal de Olho – A Notícia com Verdade
Endereço: Residencial Barcelona, Casa 22 Bairro Pousada do Sol, Campo Maior – Piauí
Número: (86) 9.8123-5348 |
E-mail: [email protected]