http://coronavirus.pi.gov.br/
Piauí é o maior produtor de mel do Nordeste e o terceiro maior do país

Piauí é o maior produtor de mel do Nordeste e o terceiro maior do país

213 0

Apesar da queda de 3,83% na produção de mel em 2019, o Piauí permaneceu como o maior produtor do Nordeste e o terceiro maior produtor do país. A produção do estado atingiu 5.024 toneladas em 2019, cerca de 200 toneladas a menos que no ano anterior. Esses foram os resultados apontados pela Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) 2019, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Brasil produziu em 2019 um total de 45.980 toneladas de mel, um incremento de 3.602 toneladas a mais que no ano anterior, crescimento da ordem de 8,5%. O estado com a maior produção foi o Paraná, com 7.228 toneladas, que representa 15,72% da produção nacional, seguido do Rio Grande do Sul, com 6.261 toneladas, cerca de 13,62% da produção, e do Piauí, com 5.024 toneladas, o equivalente a 10,93% da produção total do país.

Estados com a maior produção de mel no Brasil em 2019

Em uma série histórica, observamos que a produção do país saltou de 39.029 toneladas, em 2009, para cerca de 45.980 toneladas, em 2019, um aumento da ordem de 6.951 toneladas (17,8%). No mesmo período, no Piauí, a produção passou de 4.278 toneladas, em 2009, para cerca de 5.024 toneladas, em 2019, um crescimento da ordem de 746 toneladas (17,4%).

A região Nordeste apresentou uma produção de 15.756 toneladas de mel em 2019, um incremento de 1.520 toneladas a mais que no ano anterior, com crescimento de 10,6%. A produção do Piauí representava 31,9% da região Nordeste, seguido da Bahia, com 25,02%, e do Ceará, com 16,99%.

Produção de mel nos estados do Nordeste em 2019

O município de Picos é o sexto maior produtor de mel do país

O município de Picos apresentou uma produção de 503 toneladas de mel em 2019, cerca de 10% a mais que no ano anterior. Essa produção coloca Picos na sexta colocação dentre os municípios com maior produção de mel do país, atrás apenas de Ortigueira/PR, com 795 toneladas, Botucatu/SP, com 675 toneladas, Arapoti/PR, com 667 toneladas, Itatinga/SP, com 600 toneladas, e Campo Alegre de Lourdes/BA, com 558 toneladas.

Dentre os vinte maiores produtores de mel no país, destacam-se ainda outros municípios do Piauí, dentre eles: Simplício Mendes, na 11ª. colocação, com 320 toneladas; Anísio de Abreu, na 17ª. colocação, com 248 toneladas; e Itainópolis, na 19ª. colocação, com 236 toneladas.

 Piauí registra queda de um terço no valor da produção de mel, chegando a uma redução de R$ 16 milhões

Em 2019 o Piauí registrou uma queda na produção de mel de 3,83%, contudo a queda no valor total da produção foi bastante superior, da ordem de 33,8%. Em 2018, o valor total da produção havia sido de R$ 47,8 milhões, enquanto em 2019 o valor chegou a R$ 31,6 milhões, uma queda de cerca de R$ 16,2 milhões. No Brasil, em 2019, verificou-se um crescimento da produção de mel de cerca de 8,5%, tendo sido registrada uma queda no valor total da produção de 1,8%. Segundo o Supervisor da Pesquisa Agropecuária, Pedro Andrade, a queda no valor bruto da produção de mel deveu-se em razão de uma redução acentuada no valor pago aos produtores no mercado.

O município de Picos em 2019 registrou uma produção de mel 10% maior em relação ao ano anterior, com 45 toneladas a mais, contudo viu o valor de sua produção cair em 35%, com uma redução de R$ 4,7 milhões, em 2018, para R$ 3 milhões, em 2019, uma queda de R$ 1,7 milhões. O município de Itainópolis, por sua vez, teve um aumento de produção ainda maior que o de Picos, da ordem de 28,5%, com 52 toneladas produzidas a mais que no ano anterior, contudo viu o valor da produção cair em 12,4%, tendo passado de R$ 1,6 milhão, em 2018, para R$ 1,4 milhão, em 2019, uma queda de R$ 200 mil.

Produção de leite no Piauí cai 19% nos últimos 10 anos

Em 2019 a produção de leite no Piauí apresentou uma redução de 1,25% em relação ao ano anterior, passando de 71,6 milhões de litros em 2018 para 70,7 milhões de litros em 2019. Numa série histórica de 10 anos, a queda na produção de leite é bem maior, da ordem de 19%, tendo passado de 87,1 milhões de litros em 2009 para os atuais 71,6 milhões de litros em 2019, uma redução na produção de cerca de 16,4 milhões de litros.

Produção de leite no Piauí – 2009 a 2019 (em mil litros)

Em 2019, apesar da queda de 1,25% no volume da produção de leite no estado, houve um aumento da ordem de 3,2% no valor total da produção, que passou de R$ 135 milhões em 2018 para cerca de R$ 139,4 milhões. Contudo, nos últimos dez anos, a produção de leite no estado do Piauí alcançou seu maior valor maior em 2016, quando foi da ordem de R$ 152,7 milhões, cerca de 9,5% maior que o valor obtido em 2019.

Os municípios do Piauí com produção mais expressiva de leite em 2019 foram Parnaíba, com 6 milhões de litros, o equivalente a 8,49% da produção total do estado, e São José do Divino, com 4,8 milhões de litros, cerca de 6,81% da produção total. Nos últimos 10 anos Parnaíba apresentou sua maior produção de leite no ano de 2013, quando atingiu a marca de 7,3 milhões de litros, aproximadamente 21,6% a mais que a produção obtida em 2019. Por sua vez, nos últimos 10 anos, o município de São José do Divino viu sua produção de leite crescer 189%, passando de 2,2 milhões de litros em 2009 para 4,8 milhões de litros em 2019.

Municípios com maior produção de leite no Piauí - 2019

Em termos de produção de leite na região Nordeste, o Piauí tem a última colocação, com cerca de 1,45% de participação. O estado com a maior produção é a Bahia, com 1,06 bilhão de litros e 21,8% de participação na produção regional, seguido de Pernambuco, com 1,05 bilhão de litros e 21,6% da participação na produção nordestina.

Produção de leite na região Nordeste – 2019 (em Mil litros)

Piauí é o maior produtor de mel do Nordeste e o terceiro maior do país, revela pesquisa da produção pecuária - 2

Produção de ovos no Piauí cresce mais de 70% nos últimos 10 anos

Em 2019 a produção de ovos de galinha no Piauí cresceu 5,6% em relação ao ano anterior. Em termos de valor de produção, em 2019 chegou a R$ 115,7 milhões, cerca de 6,6% superior ao obtido em 2018. Numa série histórica dos últimos dez anos, temos que a produção de ovos aumentou cerca de 73,6% no estado, saltando de 15,1 milhões de dúzias em 2009 para 26,2 milhões de dúzias em 2019.

Evolução da produção de ovos de galinha no Piauí – 2009 a 2019 (em Mil dúzias)

Piauí é o maior produtor de mel do Nordeste e o terceiro maior do país, revela pesquisa da produção pecuária - 4

No Piauí o município com a maior produção de ovos é Valença do Piauí, com 6,6 milhões de dúzias, representando cerca de 25% de toda a produção do estado. Na sequência temos Teresina, com uma produção de 2,8 milhões de dúzias, cerca de 10,85% da produção total do Piauí. Chama a atenção em especial o crescimento da produção registrado em Valença do Piauí, que chegou a 277% no período de 10 anos, passando de 1,7 milhão de dúzias em 2009 para 6,6 milhões de dúzias em 2019.

Municípios com maior produção de ovos no Piauí – 2019

Em termos de região Nordeste, a maior produção de ovos é a de Pernambuco, com 284,5 milhões de dúzias, o equivalente a 35% da produção regional, seguido do Ceará, com 234,3 milhões de dúzias e 28,9% da produção. O Piauí, com suas 26,2 milhões de dúzias de ovos ocupa a 7ª. colocação dentre os produtores nordestinos, ficando à frente apenas de Sergipe, com 25,9 milhões de dúzias, e do Maranhão, com 14,9 milhões de dúzias.

Produção de ovos de galinha na região Nordeste – 2019 (em Mil dúzias)

Produção de ovos de galinha na região Nordeste – 2019

Produção de camarão no Piauí cai 37% em sete anos

A produção de camarão no Piauí, em 2019, ficou no mesmo patamar do ano anterior, com 2.319 toneladas. Numa série histórica desse produto, percebemos que a produção de camarão tem caído ano a ano, tendo apresentado em 2019 uma queda de 37% em relação ao que foi produzido em 2013, quando atingiu 3.700 toneladas. Os municípios produtores de camarão no Piauí são Cajueiro da Praia, com 1.662 toneladas, cerca de 72% do total da produção do estado, e Luís Correira, com 657 toneladas, cerca de 28% da produção.

Em relação à produção de camarão na região Nordeste, o Piauí foi o 3º maior produtor em 2013 e o 7º. maior em 2019. Atualmente a maior produção de camarão no Nordeste é a do Rio Grande do Norte, de 20.781 toneladas, o equivalente a 38,4% do total da produção regional, seguido do Ceará, com 16.711 toneladas, 30,9% da produção regional.

Produção de camarão na região Nordeste – 2019 (em Quilos)

Piauí é o maior produtor de mel do Nordeste e o terceiro maior do país, revela pesquisa da produção pecuária - 5

 

Related Post

close