Chernobyl: Ucrânia alerta ONU para risco de explosão nuclear

Chernobyl: Ucrânia alerta ONU para risco de explosão nuclear
Chernobyl: Ucrânia alerta ONU para risco de explosão nuclear. (Imagem: Reprodução)




O governo da Ucrânia emitiu um alerta para o risco de explosão nuclear na usina de Chernobyl. Tropas russas controlam a central e estariam circulando na região com veículos de artilharia pesados.

Nesta quarta-feira (30/3), em pronunciamento, a vice-primeira-ministra da Ucrânia, Iryna Vereshchuk, pediu ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) uma missão especial para desmilitarizar a área.

Vereshchuk defendeu que é preciso “eliminar o risco de repetição de uma catástrofe nuclear”. Chernobyl ficou marcada pelo maior acidente nuclear da história, em 1986.

Chernobyl: Ucrânia alerta ONU para risco de explosão nuclear
Chernobyl: Ucrânia alerta ONU para risco de explosão nuclear. (Imagem: Reprodução)

Na última semana, inspetores de atividades nucleares da Ucrânia disseram ter registrado aumento no nível de radiação em Chernobyl.

ONU em alerta

A Organização das Nações Unidas (ONU) está preocupada com a segurança das usinas nucleares na Ucrânia. O chefe da agência de vigilância nuclear da entidade, Rafael Mariano Grossi, está em missão no país.

O governo ucraniano pediu missão para “assistência técnica urgente a fim de garantir a segurança das instalações nucleares do país e ajudar a evitar o risco de um acidente que possa colocar em risco as pessoas e o meio ambiente”.

Na terça-feira (29/3), a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) disse que as conversas com altos funcionários do governo se concentrarão nos planos da agência de segurança.

Veja também: VÍDEO: Crime ou Acidente? Homem atinge a cabeça do colega com peso de 20kg na academia

O conflito militar está colocando as usinas nucleares da Ucrânia e outras instalações com material radioativo em perigo sem precedentes — declarou Grossi.

O chefe da área declarou que já ocorreram “vários problemas” nas instalações nucleares e alertou que o mundo não pode perder mais tempo com isso.

A Ucrânia solicitou ajuda da ONU após incêndios na zona de exclusão de Chernobyl. A usina é controlada por tropas russas há mais de um mês.

“Poeira radioativa”

Soldados russos estariam dirigindo veículos blindados em Chernobyl, pela região da Floresta Vermelha — área de extrema radiação. O movimento estaria levantando nuvens de “poeira radioativa”.

As informações foram divulgadas na segunda-feira (28/3) por agências internacionais de notícias.

Segundo dois funcionários, o contato com essa “poeira radioativa” seria um “suicídio”. Eles informaram que respirar essas substâncias espalharia radiação pelo organismo.

Veja também: VÍDEO: Policial militar se envolve em acidente e é baleado por criminosos em Teresina

Em 1986, ao menos 31 pessoas morreram imediatamente por causa de uma explosão no local. Outras dezenas foram vítimas anos após receber a radiação.

Tropas russas tomaram o controle de Chernobyl dias depois do início da guerra na Ucrânia.

Fonte: Metrópoles 


 

Portal de Olho – A Notícia com Verdade
Endereço: Residencial Barcelona, Casa 22 Bairro Pousada do Sol, Campo Maior – Piauí
Número: (86) 9.8123-5348 |
E-mail: [email protected]