Polícia vai investigar caso de racismo sofrido por Gerson, jogador do Flamengo

232 0

A Polícia Civil abriu uma investigação nesta segunda-feira (21) para apurar a denúncia de injúria racial cometida contra o jogador Gerson, do Flamengo, durante o jogo contra o Bahia no Maracanã, neste domingo (20), pelo Campeonato Brasileiro.

A Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância) informou que vai ouvir o atleta e outros envolvidos.

Nas redes sociais, Gerson disse que foi chamado de negro após ter sido mandado calar a boca. Ele afirmou ainda que foi “mais triste” ver outras pessoas minimizando o caso dentro de campo.

Em nota, o Bahia informou que demitiu o técnico Mano Menezes e afastou o jogador Índio Ramírez, que é acusado de racismo. No entanto, o clube afirmou que o atleta nega.

VEJA TAMBÉM | Personalidades que atuaram na linha de frente contra a covid-19 serão homenageados em Teresina

A CBF solicitou à Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) a abertura imediata de uma investigação sobre a denúncia de racismo feita por Gerson.



WhatsApp


Related Post

close