Variante Gama, a mais mortífera identificada em Manaus, some do Brasil

Variante Gama, a mais mortífera identificada em Manaus, some do Brasil
Variante Gama, a mais mortífera identificada em Manaus, some do Brasil




A variante responsável pelo colapso hospitalar de Manaus em Amazonas de 2021 e pela lotação de diversas UTIs pelo Brasil, variante Gama está sumindo do Brasil.

Segundo dados da Fiocruz, a última vez que a cepa foi identificada foi em 16 de novembro de 2021 no Amazonas. Há registros também fora do norte do estado, onde houve três casos sequenciados em São Paulo.

Variante Gama, a mais mortífera identificada em Manaus, some do Brasil
Variante Gama, a mais mortífera identificada em Manaus, some do Brasil. (Imagem: Reprodução)

A cepa conhecida também como P.1, foi responsável por grande parte das contaminações da segunda onda da Covid-19 no Brasil, ocorrida entre os períodos de janeiro e maio de 2021. Estima-se que a variante vitimou 280 mil brasileiros.

Veja também: Piauí receberá 20.200 doses de vacinas contra a Covid-19 para iniciar vacinação de crianças

Um ano depois, ela não aparece sendo que as variantes Delta e Ômicron são as mais preocupantes.


 

Portal de Olho – A Notícia com Verdade
Endereço: Residencial Barcelona, Casa 22 Bairro Pousada do Sol, Campo Maior – Piauí
Número: (86) 9.8123-5348 |
E-mail: [email protected]