Servidor do TJ-PI é acusado de cometer transfobia em ambiente de trabalho




Uma mulher transssexual denunciou um servidor do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) por transfobia. A denúncia foi formalizada na ouvidoria do órgão, na quinta-feira (12). A informação foi divulgada pelo Grupo Matizes, organização piauiense que atua na garantia de direitos da comunidade LGBTQIA+.

Em nota, o TJ-PI e a Corregedoria Geral da Justiça (CGJ) declararam que não compactuam com quaisquer condutas discriminatórias e que este caso será apurado com a devida observância dos preceitos legais para a tomada de todas as providências pertinentes.

Maria Zaira Chaves relatou que, no dia 7 de maio, ao ser intimidada para uma audiência que ocorrerá no próximo mês, verificou que o seu nome antigo constava no mandado de intimação com a observação “registrada civilmente como Maria Zaira Chaves”.

VEJA TAMBÉM | Homem é preso acusado de ameaçar a própria companheira em Castelo do Piauí


 

Portal de Olho – A Notícia com Verdade
Endereço: Residencial Barcelona, Casa 22 Bairro Pousada do Sol, Campo Maior – Piauí
Número: (86) 9.8123-5348 |
E-mail: [email protected]