Ponto turístico de Luís Correia, Árvore Penteada é alvo de vandalismo

666 0

A famosa Árvore Penteada, tradicional ponto turístico na cidade de Luís Correia, teve partes das suas raízes cortadas. O ato de vandalismo chegou ao conhecimento das autoridades locais na segunda-feira (1º). Um boletim de ocorrência já foi registrado e uma perícia criminal será realizada no local. A árvore é um tamarindeiro centenário e chama a atenção por ter a copa virada para um dos lados, devido a ação dos ventos na região. Ela está localizada na praia de Macapá.

A gerente de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Luís Correia, Liliana Souza, disse ao Cidadeverde.com que o caso se trata de um crime ambiental. Ao ver a situação, ela relata que a pessoa que fez isso, possivelmente, tinha a intenção de matar a árvore. A perícia deverá acontecer até a próxima sexta-feira (05).

Liliana Souza esteve no local acompanhada da secretaria de Turismo de Luís Correia, Marília Passos, e de um líder comunitário, o senhor Coré.

“Essa árvore é referência no nosso litoral. Recebemos denuncias do ocorrido e fomos até o local. A árvore é um patrimônio do nosso município, o nosso ponto turístico. Ela está com algumas raízes cortadas; ela retira o seu alimento do solo, queriam criar um bloqueio. Registramos um boletim de ocorrência e solicitamos uma perícia para iniciar um inquérito. Pelo formato dos cortes queriam matar a planta. Vamos aguardar os laudos”, diz Liliana Souza.

Liliana Souza conta que a situação pegou a todos de surpresa. Ela cita que usaram uma faca grande para atingir a árvore. “Estamos recebendo o apoio da comunidade, que ajudaram a denunciar a situação”.

O secretário estadual de Turismo, Flávio Nogueira Júnior, lamentou o ocorrido e disse que os responsáveis deverão ser punidos.

VEJA TAMBÉM | Campo Maior tem aumento de 27 casos de Covid-19 nas últimas 24h

“Infelizmente, em meio a uma situação crítica que estamos vivenciando devido à pandemia (da Covid-19), ainda nos deparamos com situações como essa, em que nosso patrimônio natural é depredado, alvo de vandalismo. Uma ação sem propósito algum a não ser destruir. Não podemos permitir que isso aconteça”, diz o secretário.

A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) informou que acionou a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) para o envio de equipes ao local. A equipe da Semar deve averiguar os danos e adotar as providências cabíveis.

FONTE: Cidade Verde



WhatsApp


Related Post

close