Justiça proíbe show de Wesley Safadão em cidade piauiense por conta do valor do cachê




A Justiça proibiu que a Prefeitura do município de São Pedro do Piauí, a 110 km de Teresina, contrate o cantor Wesley Safadão para que se apresente no aniversário da cidade, em dia 20 de junho deste ano. O show foi anunciado pelo prefeito Junior Bill em um vídeo onde ele aparece ao lado do artista.

Conforme a ação do MP, o município desembolsaria R$ 550 mil para a contratação do artista, que se apresentaria por 1 hora e 20 minutos. A primeira parcela, no valor de R$ 200 mil, seria paga até sábado (30).

O órgão ainda comunicou à Justiça que o município vem enfrentando grande precariedade nos serviços de saúde, educação, saneamento básico, dentre tantos outros essenciais. Por isso, a suspensão do evento serve para preservar o patrimônio público.

O juiz de direito Ítalo Márcio Gurgel de Castro, da Comarca de São Pedro do Piauí, acatou o pedido do MP-PI. Na decisão desta quinta-feira (28), o magistrado informa que “existem inúmeros artistas que prestam serviços de qualidade por preços infinitamente menores” e que houve o desrespeito dos princípios administrativos de moralidade e eficiência, visto não ser “razoável a contratação de um cantor de renome nacional para cantar por pouco mais de uma hora nos festejos da cidade pelo valor de R$ 550.000,00, frente a tantas outras necessidades e limitações que passam os munícipes”.


 

Portal de Olho – A Notícia com Verdade
Endereço: Residencial Barcelona, Casa 22 Bairro Pousada do Sol, Campo Maior – Piauí
Número: (86) 9.8123-5348 |
E-mail: [email protected]