Joãozinho Félix assina termo para ampliar atenção primária a saúde dos presidiários

624 0
Joãozinho Félix assina termo para ampliar atenção primária a saúde dos presidiários
Félix assinando termo para implantação do convênio com a SEJUS

O prefeito Joãozinho Félix (MDB) assinou nesta terça-feira (14) o convênio com a Secretaria de Justiça do Piauí que visa a instalação de uma equipe de atenção primária dentro do sistema prisional da penitenciária de Campo Maior.  O encontro contou também com a presença da secretária de saúde Dorilene Félix e do gestor da SEJUS, Carlos Edilson.

VEJAM TAMBÉM | Pacientes renais crônicos recebem vacina contra a Covid-19 em Campo Maior

O convênio que vai proporcionar a implantação de uma equipe permanente formada por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, cirurgiões dentista e assistentes odontológico foi adquirido através de um projeto requisitado pela Secretaria Municipal da Saúde em parceria com o Ministério Nacional da Saúde e Governo do Estado tendo como objetivo garantir aos presidiários a assistência clínica, médica e ambulatorial.

Joãozinho Félix assina termo para ampliar atenção primária a saúde dos presidiários
O encontro aconteceu na Secretaria de Justiça do Piauí.

Para a secretária de saúde Dorilene Félix, o convênio vai garantir um reforço do município para assistir melhor o direito ao acesso da população carcerária de Campo Maior ao Sistema Único de Saúde (SUS) – “O sistema prisional de nossa cidade conta com mais de 200 pessoas privadas de liberdade e muitos deles possuem algumas problemas saúde. A implantação do sistema vai proporcionar o tratamento primário evitando que os problemas possam evoluir para situações mais graves”, explicou

Joãozinho Félix assina termo para ampliar atenção primária a saúde dos presidiários
O encontro contou também com a presença da secretária de saúde Dorilene Félix e do gestor da SEJUS, Carlos Edilson.

Com a assinatura do termo, o prefeito Joãozinho Félix ressaltou a importância da parceria para a garantia dos direitos das pessoas privadas de liberdade. “O detento, apesar de estar sendo penalizado por um erro que ele cometeu, precisa de cuidados também. Todo ser humano tem direito ao acesso à saúde e o município irá proporcionar, com a implantação da equipe, uma maior assistência a saúde dos presidiários ”, completou.

 

Joãozinho Félix assina termo para ampliar atenção primária a saúde dos presidiários
O encontro contou também com a presença da secretária Dorilene Félix e do gestor da SEJUS, Carlos Edilson.


WhatsApp


Related Post

close