Governo do Piauí anuncia que estado terá 1.103 postos de vacinação contra a Covid-19

259 0

O Piauí terá 1.103 postos de vacinação contra a Covid-19 que deve começar na próxima semana. Em live, o governador Wellington Dias (PT) informou que se reúne em Brasília no fim da tarde desta sexta-feira (15)  para os ajustes finais da logística de distribuição que vai partir de Guarulhos, em São Paulo.  A expectativa é que, na terça-feira (19), o Brasil tenha condições de iniciar a vacinação nacional com doses da Fiocruz e Butantan após autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“A partir de terça ter condições de dar a largada da vacinação. Começou no Brasil, começou no Piauí. Terça-feira, após diálogo intenso, esperamos ter condições de ter o Dia D de vacinação. Naquilo que o Brasil firmou de compras, temos boa parte da Fiocruz e do Butantan. Na terça é o dia em que se toma a decisão para o Dia D e a vacinação pode começar no próximo dia 20. Os dias 21 e 22  são as datas mais prováveis de começarmos a vacinação”, disse o governador Wellington Dias.

No Piauí, nas quatro fases da vacinação nacional, está previsto que 1.113.329 milhão de piauienses sejam vacinados, de acordo com dados mais recentes do Ministério da Saúde. Por outro lado, o governador esclarece que o quantativo faz parte da estratégia do Governo Federal, que pode ser alterado para que 100% do público-alvo seja vacinado.

“Fizemos um memorando com o Butantan e a União Química e uma com a Fiocruz. Terça tendo a definição, vamos concretizar a definição do complemento necessário”, reitera.

Em transmissão ao vivo pelo Youtube, o governador destacou que a vacinação terá um formato para minimizar as perdas. “A vacina tá valendo ouro do ponto de vista da vida”, reitera.

Ele acrescenta que a população deve se engajar para que o público-alvo vá aos postos de vacinação. Dias também destacou que a vacinação segue uma ordem que leva em consideração “salvar vidas”.

“70% dos óbitos e mais de 70% das internações em UTIs e leitos clínicos leva em conta uma parcela da população que tem um risco maior. De um lado profissionais de saúde, em seguida idade e comorbidade. Ao vacinar a primeira fase, temos condições de reduzir a pressão hospitalar e reduzir óbitos. Vamos ter que estar juntos, ter uma posição unânime para conclamar a população, pois a vacina protege quem toma e protege o outro, protege da transmissibilidade que é uma das principais conquistas da Ciência para esse momento”, destaca o governador.

Durante a solenidade foi assinado o termo de recebimentos de insumos para o início da vacinação no estado e entrega simbólica dos kits de seringas e agulhas, protetores faciais e máscaras N95.

VEJA TAMBÉM | Campo Maior registra 7 casos de Covid-19 no intervalo das últimas 24h

O superintendente de Atenção Primária à Saúde e Municípios, Herlon Guimarães, explica que as doses e insumos serão distribuidos para 16 cidades-pólos no Piauí para agilizar a entrega nos demais municípios.

“Vamos capacitar os recursos humanos e monitorar eventos adversos pós-vacinação em conjunto com a Anvisa. Vamos orientar a população sobre a importância da vacinação, como e por que a população alvo foi selecionada para ser vacinada, como, quando e onde estará disponível, a segurança da vacina, importância da manutenção das ações não farmacológicas (lavar as mãos, uso da máscara, distanciamento social, entre outras) e articulação dos vários setores da sociedade”, destaca Herlon Guimarães.

FONTE: Cidade Verde



WhatsApp


Related Post

close