Campo Maior alcança a marca de 42% da população imunizada com a 1° dose da vacina contra a Covid-19

425 0

O município de Campo Maior alcançou a marca de 42% da população imunizada com a primeira dose da vacina contra a Covid-19. De acordo com o painel da Sesapi (Secretaria de Estado da Saúde), na internet, a Secretaria Municipal de Saúde aplicou 19.732 doses até o fim desta quarta-feira.

Campo Maior alcança a marca de 42% da população imunizada com a 1° dose da vacina contra a Covid-19
Campo Maior alcança a marca de 42% da população imunizada com a 1° dose da vacina contra a Covid-19

6.459 pessoas receberam as duas doses e 677 a vacina de dose única, portanto 15,24% da população está completamente imunizada. O município recebeu até agora 31.930 doses das 4 vacinas que estão sendo usadas no Plano Nacional de Imunização, das quais 26.868 foram aplicadas. O restante faz parte do estoque referente à aplicação de 2° dose. Mais vacinas devem chegar ao município nesta quinta-feira.

Ao longo desta semana, acontece a vacinação de pessoas entre 40 e 59 anos de idade que ainda não receberam a primeira dose. Além disso, há também a imunização de alguns grupos prioritários aprovados pelo Conselho Municipal de Saúde. Nesta quarta-feira, houve vacinação de taxistas, mototaxistas e caminhoneiros.

Segue a vacinação contra a Covid-19 de pessoas a partir dos 40 anos em Campo Maior

A vacinação do público em geral sem comorbidades a partir de 40 anos está sendo feita através de um agendamento na Secretaria Municipal de Saúde ou por meio de um agente comunitário de Saúde do Programa Estratégia de Saúde da Família (ESF). A mudança na logística da vacinação vem sendo adotada pelos municípios piauienses para evitar transtornos como a espera em longas filas.

“Nós resolvemos fazer os agendamentos para que as pessoas evitem enfrentar longas filas nos pontos de vacinação. Essa estratégia vem sendo adotada pelos municípios e tem dado certo. Antes de avançar para a imunização de pessoas com 39 anos, faremos um drive-thru para abranger todos aqueles que não conseguiram se vacinar através do agendamento”, explicou a supervisora de Imunização Patrícia Rodrigues Vieira.



WhatsApp


Related Post

close