Casal foi assassinado depois de briga por preço de coxinha

Casal foi assassinado depois de briga por preço de coxinha
Casal foi assassinado depois de briga por preço de coxinha. (Imagem: Reprodução)




Um casal de comerciantes foi morto a tiros no último dia 11 depois que o suspeito e umas das vítimas, Laércio José Moreira, de 54 anos, desentenderam-se por causa do preço da coxinha e dos demais salgados que ele vendia com a esposa, Helena Maria da Costa Moreira, de 50 anos. Os dois tinham um ponto comercial em frente a uma faculdade em Águas Claras, no Distrito Federal. O crime aconteceu na casa das vítimas, em Ceilândia.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito estaria vendendo os produtos a um valor inferior ao cobrado por Laércio, o que deu início a uma discussão entre os dois há cerca de um mês e meio.

Casal foi assassinado depois de briga por preço de coxinha
Casal foi assassinado depois de briga por preço de coxinha. (Imagem: Reprodução)

As imagens da câmera de segurança mostram o momento em que um carro vermelho se aproxima da casa das vítimas e três homens entram no local. Logo em seguida, um dos homens rouba o carro do casal e os outros dois fogem no veículo em que chegaram.

Veja também: Força Tática de Campo Maior recupera moto roubada que estava sendo utilizada em assaltos

Inicialmente, o caso estava sendo investigado como latrocínio — roubo seguido de morte, já que os criminosos também levaram pertences da casa dos comerciantes. Agora, depois de esclarecido o motivo do crime, os responsáveis passam a responder por duplo homicídio qualificado por motivo torpe.

Fonte: Notícias R7


 

Portal de Olho – A Notícia com Verdade
Endereço: Residencial Barcelona, Casa 22 Bairro Pousada do Sol, Campo Maior – Piauí
Número: (86) 9.8123-5348 |
E-mail: [email protected]